sábado, 21 de março de 2015

Vitrinismo - fachada de lojas



Depois da fachada vem a vitrine



vitrine - é uma das atividades que mais gera a oportunidade de negócios depois da fachada, isso se a vitrine for realmente vista, mas nem sempre é assim
A principal função da vitrine é despertar o desejo do consumidor a comprar naquela loja.



Em filosofia, o desejo é uma tensão em direção a um fim considerado pela pessoa que deseja como uma fonte de satisfação. É uma tendência algumas vezes consciente, outras vezes inconsciente ou reprimida. Quando consciente, o desejo é uma atitude mental que acompanha a representação do fim esperado, o qual é o conteúdo mental relativo à mesma. Enquanto elemento apetitivo, o desejo se distingue da necessidade fisiológica ou psicológica que o acompanha por ser o elemento afetivo do respectivo estado fisiológico ou psicológico.

Tradicionalmente, o desejo pressupõe carência, indigência. Um ser que não carecesse de nada não desejaria nada, seria um ser perfeito, um Deus. Por isso Platão e os filósofos cristãos tomam o desejo como uma característica de seres finitos e imperfeitos.

O Desejo é uma tensão em direção a um fim considerado uma satisfação.
Cabe a nos canalizar esta tenção em direção a aquisição, 
e proporcionar que a experiência seja satisfatória em todo seu percurso.

                 vitrines vintage            vitrines antigas



                vitrinismo       vitrines de langerie

comparando as fotos antigas e novas vemos poucas diferenças, a não ser que a vitrine mais antiga estava muito a frente de seu tempo ao ousar, mostrar peças intimas em uma vitrine naquela época. Na imagem os manequins levantam uma cortina como se tivessem abrindo um novo tempo. Já a imagem recente não ousa nem é inventiva, agregando assim pouco valor, o que não desperta interesse nem DESEJO no consumidor..


as vitrines continuam estáticas e muito pouco integradas a um ambiente, a não ser a foto mais moderna estar com ofertas a ambos os sexos simultâneas, a vitrine em si continua, amostras dos produtos, uso de manequins e pouco incorporada por detalhes de ambientação. 


Mesmo em vitrines mais elaboradas em termos gerais podemos dizer que houve muito pouca evolução

vitrines moderas
uma pouca melhora de cores, contraste e cenário

Vitrines ou Bancas?
a continuidade da loja parece também permanecer com os mesmos dilemas,
arara, balcão, prateleiras........
e um formato quadrado.....que pouco evoluiu



vitrine louis vitton

produtores mais ousados tem induzido a percepção do cliente 
podendo trocar a imagem para induzir um conceito

Na vitrine (Louis viitton) induz que sua bolsas seria a cereja do bolo (cake), talvez para um mercado seleto e produto de alto valor agregado até funcione.


mas para mercados menos sofisticados a vitrine mostra que tem progredido
pouco ou quase nada
mas em regra geral há poucas mudanças no tipo da oferta
exceções a algumas integrações com a calçada
pouco se efetivou.
Talvez até naquela época tínhamos mais integração com calçadas

                                 fachadas interativas  fachadas de lojas

Uma alternativa interessante quando possível é esta integração com o ambiente externo trazendo uma atmosfera mais bucólica ao ambiente (lembrando que esta é uma alternativa sempre que a legislação permitir)

                        
 muitas lojas de qualquer segmento parecem ambientes separados, compartimentados, fachada, vitrine, prateleiras, caixa, embalagem, etc, Não trazendo uma experiência positiva ao consumidor, com pouca ou nenhuma interação. 

 Vitrines com um fundo de breve cenário e manequins com roupas da coleção parece ser a tônica, mas isso nos parece que já era assim a 50 anos ou mais.

                fachadas de lojas

Como regra geral podemos dizer que o conceito fachada e vitrine muito pouco mudou. Mesmo com a chamada mudança tecnológica nada ou quase nada aconteceu além de lampadas frias na vitrine e algum uso de banner para imagens de maiores formatos.

E a experiência do consumidor em pouco ou nada atua com interação entre as partes, enquanto outras mídias proporcionam likes, interações e outros.


E visível a falta de uso de tecnologia, podemos dizer que painéis de led poderiam ser usados mas ainda são caros demais para pequenos e médios negócios.


Mas usar a tecnologia a seu favor é possível, normalmente em uma vitrine você tem que escolher algumas peças para poder expor. Mas se você usar um lap top na vitrine com as imagens da coleção em um programa de imagens poderá colocar centenas de fotos que se alternam mostrando a coleção ou o modelo escolhido em diversos cenários diferentes dando a amplidão e diversidade do produto.

E isso não se limita a moda, qualquer negócio pode se beneficiar e muito, seja uma imobiliária com fotos dos imoveis, uma loja de ferragens ou uma concessionária.



o uso da tecnologia a seu favor apesar de facilmente disponível, 
é impressionante o quão pouco é usada 
apesar de tão barata e de efeito e alcance  tão grandes

vitrines interativas

Para realizar você precisa de fotos dos produtos e um programa de imagens 
que já tem em qualquer  lap top, você pode passar centenas de imagem com uma intermitência programada.
Se desejar uma tela maior e só você acoplar uma tela de TV de plasma, lcd ou LED
e você terá a imagem do tamanho que desejar.

Você facilmente pode escrever nas imagens, colocar preços, enfim 
para a criatividade não há limites

o mesmo acontece com placas de marcas nas vitrines, marcas novas ou desconhecidas
não tem o habito de colocar sua marca junto aos produtos. O que pode ser de alto valor em divulgação e criação de preferência.


placas para vitrines



Usar placas na altura dos olhos também ajudam consideravelmente em facilitar a identificação da loja, mesmo com testeira visível.

vitrines frança

Vitrines com reflexos são mais constantes do que se imagina, em muitos casos os lojistas quase não percebem pois mudam durante o dia e diferentemente nos dias com a intensidade de luz. Dependendo do grau do reflexo termina por inviabilizar a vitrine apesar dos esforços.

                                        reflexo em vitrines

Evite este problema com um toldo ou uma iluminação mais forte dentro da vitrine.

existem também vidros antirreflexos mas são produtos caros.


                                      vitrine gisele

Vitrine não é uma coisa fácil, apesar de parecer simples, e provavelmente você não esta vendendo produtos que auto se vendem, então, abra sua mente para as artes, cultura, design, ciências, pois elas podem e muito  ajudar a ter uma imaginação mais poderosa a ponto de criar com muito mais facilidade na sua vitrine.
                                       

fachada inusitada

Criatividade e a chave para se destacar
Biblioteca na cidade de Kansas, Missouri, USA


fachadas modernas

Marcas que estão despontando 
investem em multiplas ideias, suas lojas tem enfoques unicos
usa mais fotos gigantes e não usam manequins.

41 33727306/32735788
marsexto@terra.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...